Crônica: Bodas de Diamante de Lêda e Ivan

A noite do amor de Lêda & Ivan

A tradição, o bom gosto, a serenidade e a emoção foram os pontos altos da noite elegantérrima de quinta-feira, no casarão de Ivan e Lêda Rodrigues de Carvalho, da avenida João Maurício, em Manaíra.

Foi em meio a interrupção da forte chuva que caía na cidade, com uma brisa bem agradável, que Lêda e Ivan festejaram incríveis 60 anos de casamento.

“Nunca brigamos, sempre estamos sintonizados e felizes”, dizia a noiva que é uma dama linda e que parece ter congelado a beleza da juventude até hoje.

Num longo branco, com plumas no decote, cabelos negros, super penteados e make com lábios vermelhos – que é uma marca dela mesma – Leda era só alegria. Repetia, a cada afago dos convidados que enalteciam sua beleza, a mesma frase de sua mãe nas festas da familia “Estou bem? “E estava!”

Ivan que é um figuraça, se dividiu entre as mesas trazendo boas conversas. Os filhos Ledinha, Ivan, Tereza e Helena e os netos, emocionados com aquele acontecimento que não é tão comum. Tinham razão de tanta felicidade.

Padre Glênio, assumiu a celebração que teve até badalar do sino da casa. E todos cantaram, rezaram até escutar o sim da renovação do amor do casal. Delmiro Maia – irmão de Leda – falou pelos convidados e pela família. Realmente um acontecimento que se pode afirmar como lindo, em todos os aspectos.

Lêda e Ivan Rodrigues de Carvalho promoveram uma recepção com todos os requintes que a ocasião pedia. A casa da João Mauricio – que já é bonita – ganhou flores em todos os recantos. Mesas foram espalhadas no terraço – que ficou super transitável.

Os convidados – a maioria as amigas mais próximas de Leda – capricharam. Claro! Todas símbolos da alta sociedade paraibana. Diana Gusmão chiquérrima num longo cor de pele, Helena Ribeiro Coutinho foi de verde, Geísa Galvão de rosa, Vitorinha e Catarina Lombardi com aquele sorriso emblemático de sempre, Alda Gouveia usou um pretinho que não era nada básico, é claro. Wilma Guedes (linda), Zelma Corrêa (magérrima e se preparando para festejar os 80 anos domingo que vem), Rejane Mathias, na discrição de sempre…

Entre os casais Alberto e Patrícia Sales, Churchil e Cecília Cesar, Ewerton e Veronica Hollanda, Gilberto e Telma Guedes, Eulinha – novíssima – e José Francisco Nóbrega.

Da família, Delmiro e Vania Maia, Virgínia (linda como sempre), Adolfinho e Karina Maia, Eulina e Neto Cabral, José Waldomiro Ribeiro Coutinho (sem Heleninha, que é sobrinha de Leda, mas está em Paris), Lenita e a filha Virgínia Maia, Luciana e Delmirinho Maia. Nelsinho Negreiros foi sem Patrícia e circulou em todos os grupos.

Destaque para as jóias que passearam pelo acontecimento – quanta coisa linda.

O jantar: Como anfitriã é caprichosa, fez questão de assinar alguns pratos. Simplesmente dos deuses!

Resumo da ópera:Uma festa família, refinada, sem afetações. Apenas envolvida nas energias do amor. Inesquecível!

Publicações Similares

Menu